Dados do Trabalho


Título

Comparação da mortalidade e eventos cardiovasculares em 1 ano em homens e mulheres submetidos à implante de bioprótese aórtica percutânea (TAVR): dados de registros médicos eletrônicos da rede TriNetX

Introdução e/ou Fundamentos

Introdução:

A evolução após o implante de bioprótese aórtica percutânea (TAVR) em pacientes com estenose aórtica pode ser diferente em relação ao sexo.

Alguns estudos observacionais sugerem melhor resposta em mulheres do que em homens.

 

Objetivo:

Comparar a mortalidade, acidente vascular encefálico (AVE) isquêmico e infarto agudo do miocárdio (IAM) em 1 ano entre homens e mulheres submetidos à TAVR, utilizando dados de mundo real de uma rede colaborativa internacional.

 

 

 

Métodos

Métodos:

A TriNetx é  uma rede global de pesquisa em saúde que compartilha dados do mundo real para estudos observacionais, promovendo o acesso em tempo real a dados clínicos longitudinais para geração de evidências do mundo real. Compreende dados de 250 milhoes de pacientes em 120 instituições de saúde espalhadas em 19 países.

Estudo retrospectivo de mundo real com dados extraídos de registros médicos eletrônicos da rede multinacional TriNetX. 

Foram incluídos pacientes com 18 anos ou mais submetidos à TAVI nos últimos 10 anos antes da análise.

Utilizando o escore de propensão, os grupos homens e mulheres foram comparados e normatizados para as variáveis:

•Hipertensão
•Idade
•Tabagismo
•Doença isquêmica
•Diabetes
•Sobrepeso

A razão de risco (HR, hazard ratios) para óbito, AVE isquêmico e IAM foi calculada.

 

Resultados

Resultados:


•Foram identificados 36.791 pacientes com Estenose Aórtica importante submetidos ao tratamento com TAVI, sendo 15.724 do sexo feminino e 21.067 do sexo masculino.
•Foram pareados 14.744 pacientes para cada grupo.
•Mortalidade em 1 ano:
Mulheres - 7,27%
Homens - 8,09%     (HR, 0,87 IC 95%, 0,80-0,94).

A razão de risco para AVE e IAM não foi significativamente diferente quanto ao sexo.

 

Discussão

A evolução do tratamento minimamente invasivo da Estenose Aórtica em pacientes de alto risco cirurgico com implante de valvula aortica percutânea tem mostrado queda significante dos índices de complicações e da mortalidade em todos os registros.

O principal valor deste Estudo é tratar-se de análise mundo real dos dados de prontuários de pacientes em diferentes países e diferentes protocolos de implante, mostrando que o risco de complicações graves em pacientes idosos é baixo e apresenta-se com melhores resultados nas mulheres, pois os dados de muitos estudos por serem selecionados nem sempre refletem a prática diária.

 

Conclusões


•A mortalidade em 1 ano foi menor em mulheres submetidas à TAVR do que nos homens.


•Estudos adicionais devem ser realizado para determinar melhor os fatores relacionados à maior mortalidade no sexo masculino.
 

Palavras Chave

Área

Tema Livre

Instituições

HOSPITAL ALEMÃO OSWALDO CRUZ - São Paulo - Brasil

Autores

HELIO JOSE CASTELLO JUNIOR, MARCELO JOSE DE CARVALHO CANTARELLI, Rafael Otto Schneidewind, Leandro Menezes Alves Costa, Rafael Amorim Belo Nunes, Gustavo Mantovani Pucci, Luis Henrique Salerno