Dados do Trabalho


Título

Alterações emocionais em idosos de um hospital público durante a primeira onda da Pandemia COVID 19

Introdução e/ou Fundamentos

Em marco de 2020 a OMS Organizaçao Mundial de Saúde  declarou a Pandemia pelo Novo Coronavirus . Esta nova realidade causou muita insegurança e incertezas com bruscas mudanças no estilo de vida da população requerendo além das medidas higiênicas o distanciamento social bem como o isolamento afetando de maneira significativa a vida cotidiana especialmente dos indivíduos idosos. (Frente. Psiquiatria, 12 de fevereiro de 2021 | https://doi.org/10.3389/fpsyt.2021.624125) Este estudo teve como objetivo descrever como a pandemia COVID-19 afetou uma população de idosos de um hospital público do centro oeste brasileiro especialmente no que diz respeito a alterações emocionais.   

Métodos

Uma pesquisa via telefônica foi realizada no período março a setembro  de 2022 com objetivo de  avaliar o efeito da primeira onda da  pandemia de COVID-19 no cotidiano de idosos pertencentes ao Projeto AMI Avaliacao Mulidisciplinar do Idoso e como   estas medidas de controle de infecção tiveram interferência nas  condições emocionais destes idosos.

Resultados

Foram entrevistados via telefônica 23 idosos (n=23 ) com idade variando entre 66 a 81 anos (media de 78.5)Sendo a maioria do sexo feminino 56% . Quanto a escolaridade a maioria 78% relatou possuir mais de 4 anos de escolaridade, também a maioria nega morar só 78%. Pouco mais da metade relata ter sido diagnosticado com Covid 19 ( 56% ). Sendo que 100% relata ter sido vacinado contra Covid destes 65% tomaram 4 doses da vacina. Quanto as condiçoes emocionais 52%  relataram sentimentos de solidão  e 57% relataram ansiedade . depressão foi relatada por 35% dos participantes ,  insônia em 57% e perda de memória em 61%.Quanto a presença de fatores de risco cardiovascular a maioria apresentava hipertensão arterial  (69%) Apresentavam Diabetes Melito 61% e 35% presença de dislipidemia

Discussão

As medidas restritivas implantadas durante a primeira onda da Pndemia do Novo Coronavírus trouxe importantes alterações  no cotidiano das pessoas especialmente dentre a popualçao de idosos que repentinamente se viram obrigados a isolamento social e familiar trazendo consequencias graves na qualidade de vida destes idosos, principalmente do ponto de vista psicológico .

Conclusões

Observou se grande numero de  alterações emocionais  durante a primeira onda da Pandemia por Covid 19 e suas consequências

tem alterado de forma significativa a qualidade de viada destes idosos. O Projeto AMI realiza oficinas palestras e atendimentos na tentativa de atender e  acolher estes idosos.

Palavras Chave

Idosos, Pandemia, Coronavírus, Condições Emocionais

Área

Tema Livre

Instituições

HOSPITAL SÃO JULIÃO - Mato Grosso do Sul - Brasil

Autores

ANGELA SICHINEL, Maria Lúcia Salamene Kroll, Camila Sichinel Silva da Cunha Sousa, Luci Matsumura , Marilena Infiesta Zulim , Luciane Perez da Costa, Claudia Gonçalves Gouveia, Patricia Fernandes Barreto