Dados do Trabalho


Título

ANÁLISE DA VULNERABILIDADE CLINICO FUNCIONAL EM IDOSOS DE UM HOSPITAL PÚBLICO

Introdução e/ou Fundamentos

INTRODUÇÃO:O envelhecimento populacional ocorrido nas últimas décadas em nosso país traz consigo grandes desafios para vários segmentos da sociedade especialmente para as equipes de saúde que atendem esta população. O envelhecimento muitas vezes vem acompanhado de dependências e incapacidades, perda da autonomia   (VERAS 2003)  Em 2014 foi publicado a validação do  IVCF-20 no Brasil Indice de Vulnerabilidade Clinico-Funcional (CARMO, 2014). É um instrumento rápido e de simples  aplicação e tem a vantagem de ter caráter multidimensional pois avalia oito dimensões consideradas preditoras de declínio funcional e/óbito em idosos: a idade, a auto-percepção da saúde, as atividades de vida diária , a cognição, o humor/comportamento, a mobilidade , a comunicação (visão e audição) e a presença de comorbidades múltiplas, representada por polipatologia, polifarmácia e/ou internação recente. Idosos com pontuação no IVCF-20 igual ou superior a 15 pontos apresentam alto risco de vulnerabilidade clínico-funcional e devem ser submetidos à Avaliação Multidimensional do Idoso realizada, preferencialmente, por equipe geriátrico-gerontológica especializada ou pela atenção secundária; Idosos com pontuação entre 7 e 14 pontos são considerados de moderado risco para vulnerabilidade clínico-funcional. Por sua vez, os idosos com pontuação entre 0 e 6 pontos são considerados de baixo risco e podem ser acompanhados de forma rotineira na atenção básica Idoso Robusto

 

 

Métodos

METODOLOGIA:.Foram analisados os dados  resultantes do IVCF 20 Indice de Vulnerabilidade Clinico Funcional em pacientes atendidos no ambulatório do HSJ no período de março a setembro de 2022.A amostra foi composta por 49  idosos ( n 49) com idade entre 61 a 85 anos sendo a  idade média de 73 anos. Quanto ao sexo  25 (51%) pertenciam ao sexo feminino

Resultados

 RESULTADOS Quanto a análise do IVCF 20 Idosos com pontuação no IVCF-20 igual ou superior a 15 pontos 16 idosos ( 32%) 12 idosos (25%) Idosos com pontuação entre 7 e 14 pontos  e 21 (43%) idosos  .

Discussão

A AGA Avaliaçao Geriatrica Ampla é o padrão ouro para avaliaçao de idosos porem é de dificil aplicabilidade no dia a dia por sua demanda de tempo e profissionais especializados. O IVCF 20 mostra se como uma alterantiva prática na avaliaçao desta população

Conclusões

CONCLUSOES:A analise dos dados demosntra que a maioria dos idosos encontra-se na faixa de idosos robustos ou com baixo risco de vulnerabilidade clinico funcional.

Palavras Chave

Idoso, Envelhecimento, Avaliação Clinico Funcional

Área

Tema Livre

Instituições

HOSPITAL SÃO JULIÃO - Mato Grosso do Sul - Brasil

Autores

ANGELA SICHINEL, Ana Carolina Dantas Salina , Matheus Portocarrero Petelinkar, Isabele Nogueira Silva , Trícia Luna Sampaio de Lima, Bruna Helena Boracini Kawahara Fockink, Igor Ferreira Almeida, Taynara Fernanda Santos Leão